CCJ sabatina indicado de Dilma na terça

O Senado quer votar nesta semana a indicação do ministro Teori Zavascki para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal. Indicado pela presidente Dilma Rousseff (PT) para substituir o ex-ministro Cezar Peluso, que se aposentou compulsoriamente no dia 3 ao completar 70 anos de idade, ele será ouvido pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) às 14 horas de terça-feira, para depois ter seu nome votado no plenário da Casa, possivelmente na quarta. Nessas audiências, Zavascki será questionado se pretende participar do julgamento do mensalão no STF, que começou no dia 2 de agosto.

O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2012 | 03h03

Na semana passada, Zavascki percorreu os gabinetes do Senado, a quem cabe sabatinar e referendar a indicação do Executivo para a vaga no STF. Ele afirmou estar em dúvida sobre a participação no julgamento - Zavascki explicou que no Superior Tribunal de Justiça, onde atua desde 2003, é comum um ministro participar de um julgamento já em andamento. "Nós temos muitos casos em que, em tese, é possível, mas eu não conheço o regimento do Supremo", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.