Categoria critica ideia de importar profissionais

A Federação Nacional dos Engenheiros divulgou nota contra a ideia em análise pela presidente Dilma Rousseff de importar profissionais de engenharia do exterior para trabalhar no Brasil, assim como fará no programa Mais Médicos. O presidente da instituição, Murilo Celso de Campos Pinheiro, chama a eventual medida de "paliativa" e propõe a abertura de concursos públicos para empregar engenheiros brasileiros País afora, respeitando o piso salarial, que hoje é de R$ 6 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.