Cassel quer ação de Lula em Porto Alegre em provável 2º turno

Ministro do Desenvolvimento Agrário defende presença do presidente para apoiar candidata Maria do Rosário

Sandra Hahn, de O Estado de S. Paulo,

05 de outubro de 2008 | 17h08

A exemplo do colega de Ministério Tarso Genro (Justiça), o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, também defendeu neste domingo, 5, a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha eleitoral de Porto Alegre para apoiar a candidata Maria do Rosário (PT), caso ela confirme participação no segundo turno da disputa pela prefeitura da capital. "Defendo a vinda do presidente para apoiar Maria do Rosário", afirmou Cassel, que votou hoje na Escola Estadual Santos Dumont, na zona sul da cidade.   Veja também: Cobertura completa das eleições 2008  Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos Vereador digital: Depoimentos e perfis de candidatos em São Paulo Vereadores: Saiba qual o papel de um legislador Onde votar: Ferramenta traz endereço e mapa do local de votação Tire suas dúvidas sobre as eleições    Questionado sobre a declaração do ministro do Esporte, Orlando Silva, de que "o coração do presidente bate pela campanha de Manuela (D'Ávila, candidata do PCdoB)", Cassel disse que "o presidente Lula apóia Maria do Rosário". Ele avaliou que o apoio do presidente tem efeito na transferência de votos ao candidato petista - embora o PT tenha sido derrotado na última eleição municipal na cidade. "Tenho andado pelo Brasil afora e tenho certeza de que ele transfere votos", observou, lembrando que Lula conta com 80% de aprovação no País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.