Carvalho e Maria do Rosário evitam falar do episódio

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, evitaram ontem falar do boato sobre o fim do Bolsa Família, um dia após o presidente da Caixa Econômica, Jorge Hereda, ter pedido desculpas pelo episódio. "Não estou acompanhando este caso", disse Carvalho em São Paulo.

Tiago Dantas, José Roberto Carvalho, Guilherme Waltemberg, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2013 | 02h04

No mesmo evento, no Brás, a ministra Maria do Rosário interrompeu uma coletiva ao ser indagada sobre o tema. Na semana passada ela causou polêmica ao atribuir os boatos à "central de notícias da oposição".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.