Carlinhos Cachoeira acusa Iris Rezende de envolvimento com jogo do bicho no passado

Acusações foram publicadas no jornal 'Diário da Manhã', de Goiânia, e recebeu dura resposta da coligação Amor por Goiás, formada por PMDB, SDD, DEM, PCdoB, PTN, PRTB e PPL

Rubens Santos, Especial para o Estado

19 de agosto de 2014 | 16h51

GOIÂNIA - O bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acusou Iris Rezende, candidato a governador de Goiás pelo PMDB, de ter um passado de envolvimento com o jogo do bicho. As acusações foram publicadas nesta segunda-feira, 18, no jornal Diário da Manhã, de Goiânia (GO), sob o título Os canalhas também envelhecem e recebeu dura resposta da coligação Amor por Goiás, que é formada pelo PMDB, SDD, DEM, PCdoB, PTN, PRTB e PPL. 

"Quando era candidato a governador, em 1990, participou de todas as solenidades de fim de ano da Look Loterias, empresa que gerenciava então toda a operação do jogo do bicho em Goiânia", escreveu Cachoeira. "Lá, em um ginásio de esportes, entregou brindes e prometeu, mas não cumpriu, doar casas para os cambistas presentes. Encantou os proprietários com a possibilidade de legalizar o jogo. Como retribuição teve farta contrapartida financeira", relatou no artigo.

"Quando se tornou senador da República, chegou a oferecer-me um almoço na residência do à época também Senador, Maguito Vilela, juntamente com dois outros empresários", acusou o bicheiro. "Não se esqueça, Iris, do seu encontro com o manda chuva e mais dois diretores da Delta, em sua fazenda no Mato Grosso, em que o cardápio trazia pescaria e também outros assuntos não tão republicanos, tudo, como sempre acontece comigo, devidamente documentado", escreveu.

Resposta. Em nota oficial, a coligação de Iris Rezende classificou de "estranha", "calúnia" e "conjectura mentirosa" as afirmações do bicheiro Carlinhos Cachoeira, condenado no ano passado por envolvimento no jogo do bicho pela Justiça Federal. Também rebateu a acusação: "Justamente ele faz essas conjecturas mentirosas, pois é alvo de um escândalo investigado pela Polícia Federal na Operação Monte Carlos", afirma a nota. 

A coligação do PMDB de Iris Rezende entendeu, ainda, que, por ter sido condenado pela Justiça Federal por envolvimento com o jogo do bicho, Carlinhos Cachoeira deixou claro sua relação estreita com a diretoria da Delta, uma das empresas envolvida nas denúncias.

Tudo o que sabemos sobre:
Carlinhos CachoeiraIris Rezende

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.