Candidatos evitam Dilma e antecessor em Curitiba

Estrelas nos palanques de aliados no Sudeste, Norte e Nordeste, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram "convidados" a ficar longe do segundo turno em Curitiba. Os candidatos à prefeitura da capital, Gustavo Fruet (PDT) e Ratinho Júnior (PSC), enaltecem em entrevistas as relações com o Planalto, não querem Lula e Dilma na propaganda rival e enfatizam o escândalo do mensalão, que atingiu o governo petista.

LEONENCIO NOSSA , ENVIADO ESPECIAL / CURITIBA, O Estado de S.Paulo

24 de outubro de 2012 | 03h09

O candidato do PSC, filho do apresentador de TV Ratinho, participou ontem de almoço com professores da rede pública e, após o evento, reclamou em entrevista que, ao contrário de Dilma e Lula, o casal de ministros Paulo Bernardo (Planejamento) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil), tutores da candidatura de Fruet, não mantém a neutralidade e usa a influência para "bancar" a eleição do pedetista. "A candidatura do Gustavo Fruet é tão ilegítima que o Lula e a Dilma não aceitam participar", afirmou.

Mensalão. No começo da semana, Ratinho divulgou mensagem do ex-ministro José Dirceu, condenado no mensalão, exaltando o primeiro lugar de Fruet nas pesquisas. Por sua vez, Fruet disse ontem em entrevista à rádio CBN que a política não suportava mais "esperteza" como a dos envolvidos no mensalão.

Fruet ainda negou que já tenha feito aliança para apoiar Gleisi na disputa pelo governo do Estado em 2014. "Ele (Ratinho) tenta nacionalizar a eleição e achar contradições de minha parte", disse Fruet. Embora sejam aliados do Planalto, Ratinho e Fruet usam de forma discreta a imagem de Lula e Dilma nas campanhas. Na reta final, tentam atrair os eleitores dos derrotados no primeiro turno, especialmente os do prefeito Luciano Ducci (PSB), que não conseguiu se reeleger.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.