Candidatos em SP fecham acordo para evitar tumulto em debate

Militantes estão orientados a acompanhar debate em suas residências, para não criar tumulto em emissora

Ana Luísa Westphalen, da Agência Estado

29 Julho 2008 | 19h54

O candidato do PP à Prefeitura da capital paulista, Paulo Maluf, também aderiu ao acordo fechado pelas coordenações de campanha de Marta Suplicy (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Gilberto Kassab (DEM) e Soninha Francine (PPS) para evitar tumultos em frente à TV Bandeirantes, no primeiro grande debate desta campanha eleitoral, nesta quinta-feira (31), a partir das 22 horas.   Pelo combinado, militantes e correligionários que apóiam os candidatos que participarão do debate na TV Bandeirantes estão sendo orientados a acompanhar o evento em suas residências ou nos comitês de campanha, para evitar concentração na porta da emissora. Em eleições anteriores, as manifestações de militantes causaram confusão e atrapalharam o trânsito na região do Morumbi, zona sul de São Paulo, onde está localizada a emissora.

Mais conteúdo sobre:
Eleições municipais 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.