Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Candidatos 'desconhecidos' aproveitam debate para se apresentar ao eleitor paulista

Primeiro debate na TV reúne sete candidatos ao governo de São Paulo

Mateus Fagundes e Daniel Galvão, O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2018 | 23h09

O debate entre os candidatos a governador de São Paulo nesta quinta, 16, na TV Band, serviu como oportunidade para que alguns dos postulantes ao cargo nas eleições 2018 se apresentassem ao eleitorado paulista. Boa parte do tempo dado para respostas à primeira pergunta do programa, sobre segurança pública, foi utilizado para apresentações.

Primeiro a responder, o governador Márcio França (PSB) comentou a trajetória política dele e disse estar comprometido com a segurança pública no Estado de São Paulo. Ele ressaltou ainda a homenagem que concedeu à policial Kátia da Silva Sastre, que matou um suspeito de assalto a uma farmácia no Guarujá.

Rodrigo Tavares (PRTB) se apresentou ao público como o candidato da renovação. Ele exaltou o trabalho dos policiais militares e defendeu maior atuação do governo do Estado na segurança pública.

Marcelo Cândido (PDT) reforçou que é o candidato de Ciro Gomes no Estado de São Paulo. Luiz Marinho (PT) se apresentou como ex-prefeito de São Bernardo do Campo e ressaltou o nome da vice, a professora Ana Bock.

Lisete Arelaro (PSOL) disse que é a "novidade da eleição". Destacou também o fato de ser a única mulher no debate. Ela atacou o candidato do PSDB, João Doria, ao dizer que ele teria abandonado a cidade. Ela também criticou a presença do "candidato do Temer", sem se referir nominalmente ao emedebista Paulo Skaf.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.