Marcos de Paula|Estadão
Marcos de Paula|Estadão

Candidato à prefeitura de BH, Alexandre Kalil diz que campanha é experiência 'legal'

Kalil afirmou que ainda não sabe com quais candidatos poderia firmar aliança caso sua vá para segundo turno

Leonardo Augusto, especial para AE, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 11h33

BELO HORIZONTE - O candidato do PHS à prefeitura de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, votou em sessão da região centro-sul da cidade. Ele afirmou que ainda não sabe com quais candidatos derrotados poderia firmar aliança caso sua presença no segundo turno da disputa seja confirmada. "Tem gente muito boa, bacana, mas tem gente que nem se quiser me apoiar eu quero", disse.

Ex-presidente do Atlético-MG, Kalil tem 25% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem. O líder na disputa é o deputado estadual João Leite (PSDB), com 35%.

Kalil afirmou que a campanha tem sido "uma experiência muito legal". "Não conhecia a minha cidade. Não poderia morrer sem essa aventura, essa caminhada".

Minutos antes, no mesmo local de votação de Kalil, o Colégio Estadual Central, votou o candidato Délio Malheiros (PSD), que é apoiado pelo prefeito Márcio Lacerda (PSB). Em terceiro lugar nas pesquisas, com 5% dos votos, ele disse que vai para o segundo turno. "O mineiro é discreto e deixa para manifestar seu voto na urna", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.