Campos quadruplica gastos com viagens no último mês como governador

Em seis dos sete compromissos feitos em março, levou seu afilhado e candidato ao governo de Pernambuco

Angela Lacerda, correspondente em PE, O Estado de S. Paulo

21 de julho de 2014 | 18h19

 RECIFE - O candidato à presidência da República, Eduardo Campos (PSB) teve um aumento de gastos quatro vezes maior com o uso de jatinhos e helicópteros em viagens oficiais a municípios pernambucanos no último mês completo que passou à frente do governo do Estado, em março. Foi um gasto de R$ 211.856,24, contra a média de R$ 53.769,90 referente aos gastos mensais registrados desde agosto do ano passado, quando o Portal da Transparência estadual começou a divulgar as viagens em aeronaves locadas pelo governo pernambucano.

Das sete viagens realizadas em março, em seis delas Campos levou junto o seu ex-secretário de Fazenda, Paulo Câmara (PSB), afilhado político e candidato ao governo estadual. Câmara não havia feito parte da comitiva estadual em nenhuma das viagens anteriores registradas no Portal - quando ainda não havia definição do candidato. Desconhecido do eleitorado, ele começou a ser apresentado pelo padrinho nos eventos de inaugurações e vistorias de obras em municípios do interior.

No mês anterior, fevereiro, o gasto com aluguel de aeronaves foi de R$ 12.264,44. E o total registrado de agosto a fevereiro - R$ 218.302,97 - foi praticamente semelhante ao do mês de março. Antes de deixar o governo, no dia quatro de abril, o ex-governador também fez duas viagens aéreas oficiais para inaugurar obras, quando gastou R$ 14.980,33.

Os gastos com as viagens aéreas do governador em aeronaves alugadas começaram a ser disponibilizados no portal de transparência em agosto do ano passado em resposta à pressão da oposição, que cobrava as informações.

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesEduardo CamposPSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.