Campanha do PT leva Lula a Guarulhos e Osasco

Ex-presidente tenta reeleger Sebastião Almeida, em Guarulhos, e Jorge Lapas em Osasco

José Maria Tomazela, de O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2012 | 16h00

Na reta final da campanha, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se desdobra para ajudar candidatos petistas no Estado de São Paulo. Além de participar da campanha de Fernando Haddad à Prefeitura da capital paulista, Lula começa a semana decisiva das eleições municipais fazendo comícios em Guarulhos e Osasco, duas cidades eleitoralmente importantes para o partido. Na segunda-feira, 1, em Guarulhos, o ex-presidente tenta levar à reeleição o prefeito petista Sebastião Almeida. "Ali vamos ganhar no primeiro turno", disse nesta sexta-feira, 28, o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Almeida lidera as intenções, mas as pesquisas indicam que a segunda maior cidade do Estado terá segundo turno.

Em Osasco, está em jogo uma prefeitura conquistada às duras penas pelo PT e que representou a maior baixa sofrida até agora pelo partido durante o julgamento do mensalão. Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o então candidato petista João Paulo Cunha viu-se obrigado a desistir da candidatura quando liderava as intenções de voto. Quando Cunha foi substituído pelo vice Jorge Lapas, Lula havia decidido manter-se afastado da campanha, mas o PT o convenceu de que o candidato tem chance de ir para o segundo turno. Para Falcão, apesar do mensalão, o PT chega à reta final da campanha em seu melhor momento. "Vamos ser o partido com mais prefeituras importantes conquistadas já no primeiro turno", avaliou.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012SPLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.