Campanha de Marta já faz aceno a eleitores de Alckmin

Coordenador da campanha acha difícil conquistar apoio formal do tucano, mesmo assim elogiou Alckmin

Carolina Ruhman, da Agência Estado

05 de outubro de 2008 | 21h22

A coordenação da campanha da candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, fez um aceno em direção ao adversário do PSDB, Geraldo Alckmin, terceiro colocado na apuração parcial da eleição deste domingo. O coordenador-geral da campanha da petista, deputado federal Carlos Zarattini (PT), acha difícil conquistar apoio formal do tucano, mesmo assim elogiou Alckmin, ensaiando uma tentativa de conquistar seus eleitores.   Veja também: Especial: Perfil dos candidatos em São Paulo  Galeria de fotos dos candidatos à Prefeitura   Cobertura completa das eleições 2008  Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos  Vereador digital: Depoimentos e perfis de candidatos em São Paulo   Tire suas dúvidas sobre as eleições     "Nós sempre procuramos nos aproximar daquilo que é a figura ética, as pessoas éticas que participam do PSDB", disse. "Nós achamos que há uma afinidade muito grande entre a figura de Marta e aqueles que têm esses princípios éticos no PSDB", acrescentou. O coordenador-geral da campanha de Marta citou o histórico de apoio entre o PT e o PSDB em São Paulo e avaliou: "Achamos que é possível que eleitores do PSDB venham a apoiar a Marta".   Classe média   Zarattini refuta que a classe média seja um segmento de difícil alcance para a petista. Para ele, é uma "ficção" a idéia de que Marta teria um problema com esse segmento. "Marta tem propostas para todos os setores da sociedade", afirmou, destacando o projeto de isentar profissionais autônomos do Imposto sobre Serviços (ISS).   Para a deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), Marta tem uma "vantagem" sobre Kassab no que se refere à classe média. "A vantagem da Marta é que ela tem perspectiva, tem condições reais de crescer na classe média".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.