Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Cabo Daciolo: Pela honra e glória dos memes

Da popularidade nas redes até ter adesão para votos, caminho promete ser mais árduo do que escalar uma montanha - o que não parece desestimular o candidato do Patriota

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2018 | 05h00

Aposta do Patriota para as eleições presidenciais, Cabo Daciolo teve como trunfo nesta campanha o fato de fazer sua candidatura modesta ter “bombado” nas redes sociais. A fé aparentemente inabalável e o comportamento excêntrico deram ao deputado federal popularidade na internet. Virou meme.

Daí até ter adesão para votos, o caminho parece ser mais árduo do que subir uma montanha – algo que não parece desestimular o candidato, que há uma semana já começava a “profetizar” sua vitória com 51% dos votos ainda no primeiro turno da corrida presidencial. 

Falando de voto impresso, Deus, amor e pregando contra a escravidão, mostrando às vezes ter a habilidade para colocar tudo na mesma frase, Daciolo fez uma campanha de 24 dias – dos 45 possíveis. Isto porque decidiu “jejuar no monte”, e lá ficou por 21 dias, apostando na força da fé. “Já é um milagre eu estar sentado na cadeira de deputado federal”, disse ao Estado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.