Brasil terá 1,6 milhão de mesários nas eleições 2008

Número supera o de 2006, quando foram registrados 1,5 milhão; SP é o Estado com mais mesários

da Redação

30 Julho 2008 | 15h22

O Brasil vai contar com 1,660. 796 milhões de mesários nas eleições 2008, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. O número supera o de 2006, quando foram registrados 1,5 milhão.  Veja Também:  Conheça os candidatos nas principais capitais  Calendário eleitoral das eleições deste ano  Especial tira dúvidas do eleitor sobre as eleições   Veja as regras para as eleições municipais  São Paulo é o Estado que terá o maior número de mesários nas eleições deste ano, com 325.634. Em seguida vem Minas Gerais, com 200 mil mesários, Bahia com 127.028, Rio de Janeiro com 123.576. Roraima terá a menor quantidade, 3.288. Regras Os mesários devem ser intimados por meio de publicação feita até 60 dias antes da eleição e são obrigados a comparecer ao local, data e horário estabelecidos pela Justiça Eleitoral, no dia da eleição. Além disso, também são convocados a participar de um treinamento preparatório. Se não comparecer, o mesário estará sujeito a multa de meio a um salário mínimo vigente na zona eleitoral. Caso seja servidor público, a pena é de 15 dias de suspensão, sem recebimento de remuneração. As penas previstas são aplicadas em dobro se a mesa receptora deixar de funcionar por culpa dos faltosos. Quem não puder exercer o trabalho de mesário por algum motivo que considere justo, deve apresentar a justificativa ao juiz eleitoral responsável em até cinco dias a contar da nomeação, salvo se os motivos surgirem depois desse prazo.  O serviço prestado pelo mesário não é remunerado. O convocado receberá um auxílio-alimentação e terá direito a dois dias de folga em seu trabalho, seja público ou privado, para cada dia trabalhado.

Mais conteúdo sobre:
Eleições municipais 2008TSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.