Divulgação
Divulgação

Brancos e nulos superam vantagem do prefeito reeleito em Fortaleza

Roberto Cláudio (PDT) foi reeleito com 90.396 votos a mais do que o adversário, o deputado estadual Capitão Wagner (PR); Brancos e nulos somaram 110.444 votos

Igor Gadelha, enviado especial, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2016 | 20h45

FORTALEZA – O número de votos brancos e nulos poderia ter mudado o resultado das eleições paraprefeitura de Fortaleza. Com 100% das urnas apuradas, o atual prefeito, Roberto Cláudio (PDT), foi reeleito neste domingo, 30, com 678.847 votos (53,57%) - 90.396 votos a mais do que o adversário, o deputado estadual Capitão Wagner (PR), que teve 588.451 votos (46,43%). Brancos (26.453) e nulos (83.991) somaram 110.444 votos.

Roberto Cláudio foi reeleito para mais quatro anos de mandato com apoio dos irmãos Cid e Ciro Gomes, ambos do PDT. A reeleição fortalece a candidatura de Ciro à presidência da República em 2018. Ao mesmo tempo, enfraquece os planos do senadore cearense Eunício Oliveira, líder do PMDB no Senado, de se candidatar ao governo do Estado no próximo pleito. Eunício e o senador Tasso Jereissati (PSDB) eram os principais apoiadores de Capitão Wagner.

No segundo mandato, Roberto Cláudio terá um novo vice-prefeito: o deputado federal Moroni Torgan (DEM-CE). O atual vice-prefeito, Gaudêncio Lucena (PMDB), concorreu novamente a vice na chapa de Capitão Wagner, que foi derrotada. Com isso, terá de deixar o cargo a partir de janeiro de 2017, quando começa o segundo mandato do pedetista.

Mais conteúdo sobre:
FortalezaEleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.