'Bom, bom', afirma Dirceu ao ver votos a favor de embargo

O ex-ministro José Dirceu assistiu ontem ao julgamento em sua casa na zona sul de São Paulo acompanhado por 15 pessoas, entre elas as duas filhas, o irmão Luís Eduardo, a ex-mulher Maria Ângela Saragoça e a cineasta Tata Amaral, que realiza um filme sobre ele. O ex-ministro acompanhou toda a sessão do STF e fez poucos comentários sobre o julgamento, mas assentiu positivamente quando os ministros Luis Roberto Barroso e Teori Zavascki deram seus votos pela aceitação dos embargos infringentes. "Bom, bom", disse quando o primeiro votou. Segundo relatos, deu a impressão de uma alegria contida pelo placar favorável que não esperava. Uma amiga que não quis se identificar lhe deixou na portaria um caderno e uma caneta. Outro lhe deu uma cachaça, que Dirceu recebeu e guardou. / FERNANDO GALLO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.