Adriano Machado/Reuters -10/03/2022
Adriano Machado/Reuters -10/03/2022

Bolsonaro reage com ironia após Leonardo DiCaprio apoiar campanha por título de eleitor

Presidente ainda alegou que foto de incêndio na Amazônia usada por DiCaprio é de 2003

Levy Teles, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2022 | 20h35

O presidente Jair Bolsonaro (PL) respondeu, de forma irônica, ao ator americano Leonardo DiCaprio, que usou as redes sociais para pedir que seus seguidores brasileiros de 16 e 17 anos tirem o título de eleitor e destacou a importância do Brasil para o mundo por abrigar a maior parte da floresta amazônica.

“Obrigado pelo apoio, Leo!”, escreveu o presidente, em inglês, no Twitter. “É muito importante ter todos os brasileiros votando nas próximas eleições. Nosso povo decidirá se quer manter nossa soberania na Amazônia ou ser governado por bandidos que servem a interesses especiais estrangeiros.” 

Bolsonaro disse que uma foto usada por DiCaprio sobre os incêndios na Amazônia em 2019 era de 2003 e disse que é contra a ideia de prender "quem comete este tipo de erro aqui no nosso País". Uma verificação da imagem feita pela AFP não detectou o ano original da imagem, mas recordou que o fotógrafo americano Loren McIntyre, autor da obra, morreu em 2003.

Mais cedo, DiCaprio tinha feito apelo aos jovens, compartilhando um link para o site Olha o Barulhinho, desenvolvido pela agência Quid, que se define como uma “organização dedicada a construir e apoiar iniciativas que engajem pessoas em torno de causas sociais e políticas”. 

Celebridades brasileiras como Anitta e Whindersson Nunes já tinham feito o mesmo anteriormente. Além do astro de Titanic, o ator Mark Ruffalo foi outra celebridade internacional que deu destaque ao site.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.