Bezerra trata com presidente sua saída do ministério

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra (PSB), deve se encontrar nesta segunda-feira, 30, com Dilma Rousseff, dando a largada na reforma ministerial. Ele entregou o cargo há mais de uma semana, pois seu partido, presidido pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, desembarcou do governo por causa da eleição presidencial. Dilma, porém, pediu que o ministro permanecesse na função enquanto articulava a indicação de um substituto. Na segunda-feira, o vice Michel Temer e líderes do PMDB se reuniram e bateram o martelo em torno do nome do senador Vital do Rego (PMDB-PB) para assumir a pasta. A expectativa é de que a substituição seja feita nos próximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.