BASTIDORES: na Assembleia, relator deve propor levar caso adiante

BASTIDORES: o relator do processo de perda de mandato do governador Guilherme Afif (PSD) na Assembleia de São Paulo, Cauê Macris (PSDB), vai defender, na terça-feira, a admissibilidade da matéria pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele vai tentar convencer os outros 12 integrantes de que a Casa não pode encerrar a questão sem ao menos debatê-la, e que a discussão política do caso deve se dar no momento seguinte, quando a CCJ avaliaria o mérito da perda do mandato.

Fernando Gallo, O Estado de S.Paulo

06 Junho 2013 | 02h03

Será a primeira digital tucana contra Afif, uma vez que o relator teria a possibilidade de indicar a improcedência do pedido e se alinhar já num primeiro momento, com a tese defendida por PSD, PT e PTB, que avaliam que à Assembleia cabe apenas opinar sobre eventual licença superior a 15 dias do vice. Juntos, esses partidos têm cinco integrantes na comissão. O voto dos demais sete integrantes é dado como incerto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.