BASTIDORES: Alckmin vai criar comissão externa

Preocupado com a repercussão do caso Siemens no projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin em 2014, o Palácio dos Bandeirantes chegou a cogitar a realização de pesquisas para saber do impacto do caso. Mas desistiu depois de avaliar que, no momento, o cenário ainda está muito contaminado pelo noticiário. A nova estratégia consiste em formar um grupo com 15 entidades de fora da máquina estadual para acompanhar as investigações. O anúncio da medida será feito hoje pelo governador, que vai se dedicar a agendas positivas nos próximos dias.

Pedro Venceslau e Ricardo Chapola, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2013 | 02h12

Outro foco da reação tucana é o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, um dos mais cotados do PT para disputar o governo paulista. Os dirigentes do PSDB e auxiliares de Geraldo Alckmin estão convencidos de que Padilha será apresentado como candidato pelo ex-presidente Lula em um evento nesta semana no interior de São Paulo e há uma ação orquestrada para fragilizar o governador José Serra e o partido tucano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.