Basômetro: deputada é menos governista do que Maluf

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP), que será candidata a vice-prefeito de São Paulo na chapa do petista Fernando Haddad, votou 26 vezes contra o governo de Dilma Rousseff desde o início de 2011. Paulo Maluf, do PP, que também acertou apoio ao candidato do PT na última semana, posicionou-se contra o governo apenas cinco vezes.

O Estado de S.Paulo

17 Junho 2012 | 03h04

Segundo o Basômetro (estadaodados.herokuapp.com/html/basometro), ferramenta online que permite avaliar a atuação dos parlamentares, Erundina tem 72% de taxa de governismo, enquanto Maluf chega a 89%. Há outra diferença marcante no comportamento dos dois: Maluf não votou em 58 das votações nominais realizadas na Câmara. Já Erundina deixou de manifestar sua posição apenas 6 vezes.

O ex-prefeito de São Paulo se posicionou contra a presidente Dilma Rousseff em questões-chave para o governo: o salário mínimo de R$ 545, no início de 2011, e o Código Florestal.

A ex-prefeita foi 100% governista nas 13 primeiras votações, até discordar de Dilma em temas como incentivos fiscais para a indústria automotiva e afrouxamento de regras para licitações de obras da Copa e das Olimpíadas, entre outros.

O Basômetro é um projeto do núcleo Estadão Dados, que une jornalistas, programadores e designers. / DANIEL BRAMATTI, JOSÉ ROBERTO DE TOLEDO, TCHA-TCHO e AMANDA ROSSI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.