Bairro passa por 'faxina' antes de visita de Dilma em Fortaleza

Moradores relatam limpeza e pinturas em obras do Minha Casa, Minha Vida, horas antes da presença da presidente no local

Mateus Coutinho, enviado especial, O Estado de S. Paulo

04 de setembro de 2014 | 15h43

O entorno do condomínio residencial Cidade Jardim, em Fortaleza, que vai receber nesta tarde a visita da presidente Dilma Rousseff e do governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), passou por uma "faxina" desde essa quarta-feira, 3. A obra faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida, e começou a ser entregue em fevereiro deste ano. Ao todo, mais de 700 famílias vivem nos dois conjuntos já inaugurados.

Quem relata os ajustes de última hora são os moradores da Avenida I, localizado em frente ao condomínio 1 do residencial, por onde a presidente vai passar. "Ninguém conseguia passar ali, tinha um monte de pedra e entulho, aí vieram e passaram com o trator ontem (quarta)", conta a costureira Ana Maria Ximenes, de 54 anos.

Segundo ela, a limpeza começou à tarde e, na manhã desta quinta, o meio fio e os canteiros da avenida onde ela mora foram pintados de branco. "Vi tudinho, veio um pintando na frente e outro logo atrás dando uma segunda mão", relata Ana Maria.

Maria das Graças Pereira, de 57 anos, lembra que a prefeitura sempre limpa o local, mas que dessa vez "limparam melhor", com auxílio de um trator. Apesar das mudanças no entorno, o que mais incomoda as moradoras é a impossibilidade de ver de perto a presidente, já que apenas os que vivem no condomínio vão participar do evento.

"O comício não é pra trazer voto? Por que barrar a gente?", reclama Maria. Ela e outras amigas tentaram entrar no local, que está cercado por grades. Os moradores do condomínio, por sua vez, receberam pulseiras vermelhas para poder acompanhar a visita da presidente.

"É uma covardia, é a única possibilidade de ver nossa presidente que e u só vejo pela TV", desabafa Ana Maria.Dentro do condomínio, na área que está sendo preparada para receber a presidente e o governador do Estado, a reportagem pôde observar operários da obra varrendo as ruas e calçadas dos prédios já construídos, além de colocarem placa da prefeitura de Fortaleza, parceira do governo federal no empreendimento, ao lado da placa da obra.

O empreendimento, um dos maiores do Minha Casa, Minha Vida no Nordeste, que ocupa mais de um quarteirão, ainda tem vários trechos em obras e os prédios mais distantes do que já estão prontos estão nos períodos mais iniciais da construção.

Ao todo, o condomínio vai atender 5.536 famílias e terá também quadras poliesportivas e uma área comercial. A previsão é de que a obra seja concluída em dezembro de 2015. Apenas os condomínios 1 e 2 foram entregues, com quadras esportivas e áreas de lazer.

A previsão inicial era de que a presidente chegasse ao local por volta de 15 horas, mas ela deve atrasar. Antes de passar em Fortaleza, Dilma foi para Pacajus, a 50 quilômetros da capital, para gravar imagens para seu programa de TV. A expectativa é de que a presidente se encontre com duas moradoras atendidas pelo programa habitacional em Fortaleza.

Questionada, a assessoria de imprensa do comitê de campanha de Dilma Rousseff afirmou que:  "O comitê de campanha da candidata Dilma Rousseff não fez qualquer solicitação de limpeza ou reparo nas áreas do residencial Cidade Jardim, de responsabilidade do Governo do Estado, nem nas vias públicas do entorno do condomínio, cuja responsabilidade pela conservação é da Prefeitura de Fortaleza."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.