Ausência de Marta não gera crise na campanha, diz presidente do PT

Para Rui Falcão, ex-prefeita 'vai saber participar da campanha quando for mais útil'

Lauriberto Braga, Agência Estado,

04 Junho 2012 | 17h26

FORTALEZA - O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse nesta segunda-feira, 4, em Fortaleza, que a não ida da senadora Marta Suplicy (PT-SP) ao lançamento da candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo, no sábado, em nada compromete a participação na campanha. Rui Falcão amenizou a ausência de Marta no encontro do PT para lançar Haddad a prefeito de São Paulo, reforçando que ela tem dito que tomará parte da campanha quando for útil.

Em nota, Marta justificou na manhã desta segunda o não comparecimento ao encontro, sob a alegação de "impedimento de caráter privado", sem citar o nome de Haddad.  

Segundo Falcão, o fato de Marta Suplicy não ter ido ao ato de lançamento de Haddad, não gera crise na campanha. "Ela já tinha participado de atos anteriores quando começamos a apresentar Haddad como nosso candidato", afirmou.

Conforme Falcão, Marta está dando espaço para Haddad fazer sua campanha. "Ela é maior liderança de São Paulo e vai saber participar da campanha quando for mais útil, como ela mesmo tem tido", salientou Falcão, nesta segunda em Fortaleza, durante ato de lançamento oficial da candidatura do secretário de Educação de Fortaleza, Elmano de Freitas, para Prefeitura de Fortaleza, pelo PT.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.