Gustavo Magnusson
Gustavo Magnusson

Atual prefeito de Campinas lidera pesquisa Ibope com 40% das intenções de voto

O ex-prefeito cassado, Dr. Hélio, do PDT aparece em segundo lugar, com 12%, seguido de Artur Orsi, do PSD, com 8%; votos brancos e nulos somam 23%

Ronaldo Faria - Especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2016 | 14h00

CAMPINAS - O atual prefeito de Campinas e candidato à reeleição pelo PSB, Jonas Donizette, lidera, com 40%, a pesquisa de intenção de votos divulgada pelo Ibope na noite da segunda-feira, 22. Donizete aparece seguido do ex-prefeito cassado Hélio de Oliveira Santos (PDT), o Dr. Hélio, com 12%, Artur Orsi (PSD), 8%; Marcio Pochmann (PT), 5%; Marcela Moreira (PSOL), 4%; Jacó Ramos (PHS), 1%; e Edson Dorta (PCO), Marcos Margarido (PSTU) e Surya Guimaraens (Rede), todos com 0%. Os votos brancos e nulos somaram 23%. Já aqueles que não sabem ou não responderam à pesquisa somam 7% dos 602 eleitores ouvidos entre os dias 18 e 22.

Na avaliação de Donizette, o resultado da primeira pesquisa foi bom. “Mais do que ninguém, eu sei que as coisas não estão perfeitas, a gente assumiu uma cidade com muitas dificuldades, enfrentamos a pior crise econômica do País e estamos trabalhando duro para colocar Campinas nos eixos”, disse.

Para Dr. Hélio, o resultado da pesquisa “mostra que, apesar de passar cinco anos em autoexílio (ele foi cassado em 2011), perseguido e afastado da política, a população de Campinas foi generosa e não esqueceu o que foi realizado nas minhas administrações”.

O terceiro colocado, Orsi, diz haver potencial de crescimento da sua candidatura: “Nossa baixa rejeição leva a esse grau de expectativa e a campanha efetivamente ainda não está nas ruas”. Já o coordenador de campanha do PT, Casemiro Reis, vê os números de Marcio Pochmann como algo positivo. “Se levarmos em conta que em 2008, com o Marcio, começamos com 1% e o Jonas com 70% e nós fomos para o segundo turno, esse quadro atual está bom”, enfatizou.

Votos válidos e rejeição. Se forem considerados os votos válidos na pesquisa, excetuando-se os brancos e nulos, o atual prefeito venceria ainda no primeiro turno. Neste caso Jonas Donizette teria 56%; Dr. Hélio, 17%; Artur Orsi, 12%; Marcio Pochmann, 7%; Marcela Moreira, 5%; Jacó Ramos, 2%; Edson Dorta, 1% e Marcos Margarido e Surya Guimaraens, 0%.

Quanto à rejeição aos candidatos por parte dos eleitores, Dr. Hélio lidera com grande margem: 60%. Jonas Donizette tem 25%; Marcio Pochmann, 12%; Artur Orsi, 10%; Jacó Ramos e Marcela Moreira, 8%; Surya Guimaraens, 7%; Marcos Margarido, 6%; e Edson Dorta, 5%. 

A pesquisa, encomendada pela pela EPTV, afiliada da Rede Globo, tem margem de erro de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos, grau de confiança de 95% e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) sob o número 08524/2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.