Atuação de Dilma dependerá do tom de Serra, diz Falcão

O grau de participação da presidente Dilma Rousseff na campanha eleitoral em São Paulo dependerá do tom utilizado pelo tucano José Serra, afirmou o presidente nacional do PT, Rui Falcão, em entrevista à Agência Estado. Se o pré-candidato do PSDB insistir em polarizar com o PT, Falcão deixa claro que poderá haver atuação mais intensa de Dilma, além, obviamente, da ativa participação do ex-presidente Lula. "A presidente diz que a melhor maneira de ajudar os aliados e o PT é fazer um bom governo. Imagino que ela manterá essa postura, não há razão para ela romper essa postura e fazer campanha em São Paulo, até porque aqui temos um outro aliado na disputa, o PMDB", afirmou Rui Falcão. / ELISABETH LOPES

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.