Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Astronauta diz que ‘falta só’ anúncio oficial para assumir ministério

Primeiro brasileiro a ir para o espaço, Marcos Pontes vem sendo cotado para Ciência e Tecnologia no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, eleito no domingo, 27

Caíque Alencar, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2018 | 17h21

No dia seguinte à eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência, o astronauta Marcos Pontes já trata sua nomeação ao ministério de Ciência e Tecnologia como certeza. Na sua página no Facebook, ele disse que está muito feliz de ter a oportunidade de participar do governo e que agora “só falta o anúncio oficial” de sua indicação.

A gravação foi feita depois que ele deixou a casa do presidente eleito, no Rio de Janeiro. “Tem falado sempre no meu nome mais ou menos como Posto Ipiranga de Ciência e Tecnologia e agora só falta o anúncio oficial, realmente, da minha indicação pra ministro de Ciência e Tecnologia”, disse o astronauta, emendando que Bauru nunca teve um conterrâneo comandando a Pasta e que será “muito especial” para a região e o País.

“Estou muito feliz de ter participado não só da campanha, mas de ter a oportunidade de participar não só desse novo governo, em uma área que tem sido minha vida por 41 anos”, completou no vídeo de um minuto e meio.

Primeiro brasileiro a ir para o espaço, Pontes se engajou na campanha de Bolsonaro neste ano e já foi citado para assumir a Pasta, mas sem nenhuma confirmação ainda.

Nesta semana, começa a transição do governo de Michel Temer para a gestão Bolsonaro, que começa em 1º de janeiro de 2019. O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), cotado para a Casa Civil, será o responsável pela transição.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.