Assessores de senador de Rio Branco são suspeitos de compra de votos

O assessor parlamentar do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), Francisco Bezerra, foi levado ontem para a sede da Polícia Federal, por ter sido flagrado com R$ 30 mil em dinheiro vivo que, suspeita-se, seria usado para compra de votos. Além do dinheiro - metade sacada na Caixa Econômica Federal de Rio Branco na sexta-feira e metade encontrada na casa de outro assessor do senador -, foi apreendido um caderno escolar com mais de quatro folhas cheias de nomes de pessoas e seus respectivos telefones. O promotor eleitoral Rodrigo Kurti acionou a Justiça eleitoral por meio da juíza da 1.ª Vara, Maha Manasfi e Manasfi, que autorizou o cumprimento do mandado de busca e apreensão. Kurti solicitou ainda apoio da Polícia Civil para o cumprimento da ordem judicial e acompanhou pessoalmente o flagrante. Todo o material foi encaminhado para a Justiça Eleitoral, que deve averiguar se se tratava mesmo de compra de votos. / ITAAN ARRUDA, ESPECIAL PARA O ESTADO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.