Assembleia reabre licitação de automóveis

A Assembleia Legislativa de São Paulo publicou nessa terça-feira, 5, edital para licitação de compra de 94 carros novos para uso exclusivo de parlamentares da Casa. O Legislativo paulista estima gastar R$ 4,6 milhões com a renovação da frota, formada por 150 veículos.

Ricardo Chapola, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2013 | 02h16

Em janeiro, a Assembleia suspendeu a concorrência após o Estado ter revelado que o texto do antigo edital direcionava a compra para apenas dois modelos de carro que atendiam às características mínimas exigidas pela Casa.

O novo edital preparado pela presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo permite que pelo menos 15 modelos fabricados por oito montadoras diferentes se enquadrem nas novas especificações.

Agora, os automóveis licitados pelo Legislativo paulista deverão obedecer a 21 novos critérios técnicos - eles foram reformulados pela Casa após as denúncias de favorecimento de apenas duas concorrente no edital anterior.

Com isso, a Assembleia pretende substituir os veículos dos deputados, todos com mais de 80 mil quilômetros rodados. De acordo com o edital, os 94 carros antigos serão parte do pagamento dos veículos novos, estimados em R$ 7,5 milhões. A permuta deve quitar R$ 2,9 milhões do valor.

Tudo o que sabemos sobre:
Assembleiaautomóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.