Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Armínio Fraga se diz otimista sobre vitória de Aécio Neves

Economista, indicado pelo candidato do PSDB para o cargo de ministro da Fazenda se for eleito, espera uma votação apertada

Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 15h38

O economista Armínio Fraga, indicado pelo candidato à Presidência Aécio Neves, do PSDB, para o cargo de ministro da Fazenda, disse acreditar que a votação "vai ser apertada" entre Aécio e a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição. "Mas estou otimista", afirmou Fraga, logo após votar no bairro de São Conrado, na zona sul do Rio.

Em sua opinião, a decisão do PSDB de lançar antecipadamente o seu nome como possível futuro ministro da Fazenda foi acertada, embora, por isso, tenha ficado mais exposto e sido alvo de críticas da campanha do PT.

"No fundo, foi um esforço (do PT) para desviar a atenção do que está acontecendo hoje, com muita distorção, muita apelação, fora de contexto. Quando não erradas, palavras foram postas na boca de outros", disse Fraga.

Segundo ele, a ideia do PSDB ao lançar seu nome como ministro foi dar sinalizações da condução da economia em um governo tucano. "Acho que a ideia cumpriu seu papel", considerou.

O economista apareceu para votar vestindo bermuda amarela e camiseta verde. Questionado se era um sinal de protesto contra o governo Dilma, afirmou que "essas são as cores do Brasil". Fraga disse estar confiante, apesar de o momento ser de muita tensão. Fraga acompanhará as eleições em casa, com a família. Ele disse não saber como a campanha de Aécio irá se organizar para qualquer comunicação após o resultado. "Isso ainda será combinado com o candidato Aécio Neves."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.