Após votar, Yeda diz que vai 'acompanhar a vitória'

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), votou às 16 horas na Escola Professor Leopoldo Tiethbol, no bairro Petrópolis, em Porto Alegre, acompanhada do marido, Carlos, e da filha, Tarsila. Ao chegar, a tucana disse que, por não ter participado da campanha, conseguiu adiar seu voto para o final do dia chuvoso em Porto Alegre. "Mas agora vou ''acompanhar a vitória'' passo a passo", afirmou, reiterando que não iria a festas de seus candidatos porque em nenhum momento esteve em atividades públicas da campanha.A governadora abriu o voto em José Fogaça (PMDB) em Porto Alegre e torce pelas vitórias de Jurandir Maciel (PTB) em Canoas e de Adolfo Antônio Fetter Júnior (PP) em Pelotas. Os três são filiados a partidos da base aliada de Yeda e enfrentam candidatos do PT, que faz oposição ao governo do Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.