Téo Cury/Estadão
Téo Cury/Estadão

Após votar, Dias Toffoli ressalta crença dos brasileiros no regime democrático

Presidente do Supremo Tribunal Federal elogiou também o trabalho dos mais de 2 milhões de mesários nas eleições 2018

Teo Cury, Estadão Conteúdo

07 Outubro 2018 | 12h34

Após votar em um colégio no Lago Norte, em Brasília, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ressaltou a crença dos brasileiros no regime democrático. Ele citou "recente pesquisa" que constatou o sentimento da população em relação à democracia.

"Desejo a todos os brasileiros um bom dia de voto", disse. "Com certeza vamos ter um grande sucesso no sentido de a democracia mais uma vez se afirmar e se reafirmar, como em pesquisa recentemente divulgada em que o brasileiro acredita nesse importante sistema, que é o democrático."

Na última quinta-feira, o Datafolha divulgou uma pesquisa segundo a qual 69% dos brasileiros preferem o regime democrático para o Brasil. Outros 12% disseram preferir a ditadura "em certas circunstâncias."

Toffoli elogiou também o trabalho dos mais de 2 milhões de mesários, mais da metade deles voluntários, que trabalham nas eleições.

O presidente do STF frisou ainda a grande quantidade de pessoas idosas nas seções de votação. "Elas não precisariam mais votar", comentou. Mesmo assim, compareceram e expressaram seu desejo de "o que querem para o País."

Toffoli chegou à seção eleitoral às 11h03, mas votou apenas às 11h58. Depois de meia hora, havia avançado apenas meio metro e brincou com um cinegrafista: "Vai demorar, ainda". Quando chegou sua vez, ainda cedeu a vez para uma mãe com criança de colo. Durante os 55 minutos em que ficou na fila acompanhado de seus assessores, foi cumprimentado por policiais e eleitores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.