Após Lula, Marta ressalta boa relação com governador Serra

Candidata do PT à Prefeitura de SP foi a primeira a participar da série de sabatinas do 'Grupo Estado' em SP

Andréia Sadi, do estadao.com.br

01 de setembro de 2008 | 14h04

A candidata do PT à Prefeitura de São Paulo Marta Suplicy, ressaltou durante sabatina do Grupo Estado sua experiência de quem "se relaciona bem com o governador José Serra e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva". ""Queremos eleitores de outros também. Disputa é voto a voto. Eu não quero dizer que vou abdicar do eleitor do x ou do y Eu vou mostrar que meu projeto é mais consistente. Que eu tenho experiência , que é muito interessante alguém que se relaciona bem com governador Serra e o presidente Lula", disse. O vídeo da sabatina pode ser visto na TV Estadão (clique aqui).   Veja também: Especial: Perfil de Marta Suplicy Marta chora ao dizer que sofreu ao perder eleição para Serra Marta assume compromisso de não criar taxas, mas desonerar Marta descarta pedágio urbano e rodízio maior em São Paulo Marta diz que não infringiu a Lei de Responsabilidade Fiscal Marta diz que, se eleita, vai manter AMAs de Serra/KassabGaleria de fotos da sabatina com Marta Suplicy  Blog: confira as principais declarações de Marta na sabatina Veja gráfico com a última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo Vereador digital: Conheça os candidatos à Câmara de SP  As regras para as eleições municipais  Tire suas dúvidas sobre as eleições de outubro   Marta disse não acreditar que a presença do presidente Lula em sua campanha "deseduque a população". "O Lula trabalha melhor comigo, não porque sou amiguinha dele, mas porque construímos um partido juntos", disse a candidata.   Marta afirmou que o presidente, assim como ela, trabalha para os que mais precisam. Ela citou os CEUs e o programa Renda Mínima como exemplos de projetos que visam a população mais necessitada da cidade.   "Não vejo Kassab nem Alckmin terem essas mesmas preocupações que Lula, provavelmente com FHC sim", disse a candidata ao ser questionada sobre a parceria com o presidente - citada exaustivamente durante o programa eleitoral da petista.   Em seguida, explicou o slogan da sua coligação, "Uma Nova Atitude para São Paulo"."Uma nova atitude? É fazer. É uma nova atitude para educação, trânsito, o que tem que ser investido, tem q ter meta, e nova atitude é pensar São Paulo grande, o Brasil bombando e São Paulo está parada", disse.   Outras sabatinas   As sabatinas do Grupo Estado têm transmissão ao vivo pela TV Estadão. O Portal Estadão divulgará flashes noticiosos e disponibilizará a íntegra dos vídeos, para consulta posterior. O segundo convidado será o ex-governador e candidato do PSDB Geraldo Alckmin. Pela ordem, virão em seguida o prefeito Gilberto Kassab (DEM) na quarta-feira, Paulo Maluf (PP) na quinta, Soninha Francine (PPS) na sexta e Ivan Valente (PSOL), que fechará o ciclo na segunda-feira, dia 8.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.