Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

Após encontro com Maia, Cid Gomes diz que prioridade do PDT é o PSB

Ex-governador cearense e coordenador da pré-campanha do irmão diz que o PSB está 'mais próximo' do projeto de Ciro Gomes

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

14 Junho 2018 | 20h06

BRASÍLIA - Após encontro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ex-governador do Ceará Cid Gomes afirmou que a prioridade do PDT continua sendo conquistar o apoio do PSB à candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto. Maia e Cid jantaram juntos na quarta-feira, 13, em Brasília. O pedetista evitou confirmar o encontro, e alegou que isso seria deselegante, já que Maia também é pré-candidato à Presidência.

+ 'Do mercado financeiro, em nenhuma hipótese', diz Ciro Gomes sobre vice

“Posso repetir um bordão? A nossa prioridade é o PSB. Primeiro, porque é o único desses partidos que não tem pré-candidato. Segundo, porque o PSB é um partido que estrategicamente está mais próximo do que nós representamos enquanto projeto Brasil”, disse Cid.

+ PT e PMDB negociam alianças em cinco Estados no Nordeste

Para o ex-governador, que está coordenando a pré-campanha do irmão, o apoio do PSB daria à candidatura de Ciro “a moldura” que o PDT busca, que é ter um candidato progressista e de oposição ao "status quo".

Pelo Facebook, Cid também reiterou que ele e o irmão estão “serenos e dando curso ao diálogo com o PSB”. Segundo ele, há “muito disse-me-disse, muita pressão e até truculência” em torno do assunto. O ex-governador também fez uma menção ao slogan usado na campanha de Eduardo Campos, morto em 2014. “Não podemos desistir do PSB!”, disse.

+ Ciro diz priorizar PSB por partido não ter candidato e acena a Maia

Nas últimas semanas, Maia, que deve desistir de disputar a Presidência, tem se aproximado de Ciro. Uma aliança com o PDT, no entanto, é vista como pouco provável por nomes importantes do DEM.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.