MARCOS DE PAULA/ESTADÃO
MARCOS DE PAULA/ESTADÃO

Após desistência de Marta, MDB define Marcelo Barbieri como candidato ao Senado

Segunda vaga da chapa na disputa já estava definida e ficará com a presidente do MDB Afro de São Paulo, Cidinha

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

05 Agosto 2018 | 16h29

O ex-deputado federal Marcelo Barbieri será candidato ao Senado pelo MDB em São Paulo nas eleições 2018. Com a desistência de Marta Suplicy de disputar cargos públicos nesta eleição, Barbieri ocupará a vaga que estava sendo reservada à senadora.

Além de deputado, Barbieri foi prefeito de Araraquara (interior de São Paulo) e ocupou cargos no governo do presidente Michel Temer, sendo secretário de Relações Institucionais e subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo, na Pasta comandada pelo ministro Carlos Marun.

A outra vaga da chapa na disputa pelo Senado já estava definida e ficará com a presidente do MDB Afro de São Paulo, Maria Aparecida Pinto, conhecida como Cidinha. Com isso, o empresário Paulo Skaf disputará o governo do Estado com chapa pura.

"Essa candidatura representa a força do interior na chapa liderada por Paulo Skaf. Também tem como objetivo fortalecer o vínculo com os municípios, uma vez que sou vice-presidente da Associação Paulista de Municípios. Pode-se dizer que é uma candidatura municipalista", disse Barbieri, por meio da assessoria de imprensa da campanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.