Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados

Apesar de indefinição de Sartori, MDB gaúcho se movimenta por sua reeleição

Partido monta equipe e realiza reuniões para tratar da campanha do governador, que não formalizou pré-candidatura

Filipe Strazzer, O Estado de S.Paulo

04 Julho 2018 | 20h36

PORTO ALEGRE - Para o MDB do Rio Grande do Sul, o governador do Estado, José Ivo Sartori, tentará a reeleição - embora o emedebista continue sem definir se concorrerá ou não por sua permanência no Palácio Piratini. Além de se movimentar nos bastidores, o partido já conta com publicitários e organiza comitês para articular a campanha. “O MDB está preparando tudo”, disse ao Estado o deputado federal Alceu Moreira, presidente estadual da sigla.

"O MDB não será pego de surpresa quando houver o anúncio (por parte do governador). Ele é o nosso candidato", disse o parlamentar gaúcho, afirmando que o partido está confiante que Sartori concorrerá a um novo mandato. O Rio Grande do Sul nunca reelegeu um governador.

Uma lista de pessoas já foi elaborada para auxiliar na campanha, e reuniões estão ocorrendo para discutir a reeleição de Sartori. "Estamos conversando com profissionais da área da publicidade, com pessoas da área do material. Queremos estar com quase tudo pronto quando vier o anúncio." 

+++ Maioria dos pré-candidatos ao governo na região sul ainda não possui vice

O Estado apurou que na próxima segunda-feira, 9, os 33 coordenadores regionais do MDB no Rio Grande do Sul devem se reunir no diretório, em Porto Alegre. No dia 17, Sartori participará de um jantar com membros da juventude estadual do MDB, também na capital gaúcha - o primeiro evento partidário com a presença do governador desde o início das pré-campanhas no Estado. 

Em maio, durante a greve dos caminhoneiros, Sartori afirmou que “não fugiria da raia”, em relação a sua reeleição, durante um evento com políticos e empresários. O governador, contudo, foi criticado pela oposição e por aliados por ter se manifestado em meio à crise causada pela paralisação.

Desde então, a definição formal acerca da pré-candidatura de Sartori ao Piratini é esperada. Quando questionado, o governador afirma que seu foco é o governo e não as eleições. Segundo o jornal gaúcho Zero Hora, o governador estaria disposto a anunciar oficialmente sua pré-candidatura à reeleição no dia 19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.