Aos 89 anos, candidato a prefeito que reassumir cargo

Em Aguaí (SP), Sebastião Biazzo é o candidato mais velho do País e disputa sua décima eleição

Débora Álvares, de O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2012 | 23h39

Caso seja eleito prefeito de Aguaí (SP), Sebastião Biazzo (PMDB), ou Tião, completará, no cargo, os seus 90 anos. Ele é o candidato a prefeito mais velho do País e disputa sua décima eleição. Seu candidato a vice, Adalberto Fassina, é bem mais novo. Tem 76 anos. Na cidade de 32 mil habitantes, em sua primeira vez como prefeito - exerceu o cargo em 1960, 1969, 1983, 1993 e 2005 - , Biazzo tinha 37 anos e foi candidato único, pelo PTB, de Getúlio Vargas, de quem era admirador. Depois filiou-se ao MDB, que virou PMDB.

Antes de entrar para a política, porém, Tião começou a adquirir terras, sendo hoje um dos maiores proprietários da região, com R$ 6 milhões em bens.

Embora não tenha conseguido se reeleger em 2008, a última coisa que o preocupa é o preconceito com a idade. "Uma pessoa permanece jovem quando é capaz de aprender, adquirir novos hábitos e tolerar contradições."

Extremos. Setenta e nove anos separam os candidatos a prefeito mais novo e mais velho no pleito de outubro. Elvson Teixeira de Melo (PSDB) tem 20 anos e é de Traipu (AL). Sobrinho do presidente municipal do partido na cidade de pouco mais de 25 mil habitantes, Elvson terminou o ensino médio e não tem planos para cursar o superior. Seu vice, Afonso Luiz, tem 33 anos.

Histórico. Nas últimas eleições municipais, Faina (GO) elegeu o prefeito mais novo do País. Caio Vellasco de Castro Curado tinha 20 anos em outubro de 2008, e só pôde assumir o mandato porque completou 21 anos, idade mínima exigida pela Constituição, em 25 de dezembro daquele ano - antes de tomar posse, em 1.º de janeiro.

Já o prefeito com mais idade eleito em 2008 tinha 90 anos. Susumo Itimura, do PSDB, assumiu a prefeitura de Uraí (PR). Dos 783 candidatos com idade superior a 65 anos, 205 foram eleitos. A legislação fixa idade mínima como condição de elegibilidade, mas não idade máxima para um cidadão ser candidato e, caso seja eleito, tomar posse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.