ANÁLISE: Propostas acertam ao focar integração, mas são genéricas

Candidatos ao governo paulista que divulgaram propostas sobre mobilidade se mostram preocupados em facilitar o deslocamento entre centros urbanos

Mariana Barros*, O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2018 | 05h00

De todas as dificuldades que o Estado tem para enfrentar, a integração entre municípios seja talvez uma das mais estratégicas e complexas para impulsionar o desenvolvimento regional, o que coloca a mobilidade como um ponto importante.

Os candidatos que divulgaram propostas sobre o tema se mostram preocupados em facilitar o deslocamento entre centros urbanos, considerando que boa parte dos paulistas mora em uma cidade, mas estuda ou trabalha em outra, cruzando diariamente limites municipais. Nesse contexto, é importante debater a possibilidade de unificar tarifas e de criar um Bilhete Único padronizado para atender a todo o Estado ou, pelo menos, aos municípios agrupados.

O transporte por aplicativo, que hoje emprega muitas pessoas e tem se expandido pelo interior, também merece atenção. Seria possível permitir pagamentos por essa modalidade usando Bilhete Único em todo o Estado? O transporte sobre trilhos tem na adoção do modelo de PPP uma saída para acelerar o andamento das obras e garantir a operação.

Ciclistas e pedestres também precisam ser contemplados. Mas os três candidatos falam em integração de maneira genérica.

*ESPECIALISTA EM MOBILIDADE URBANA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.