Partido Novo/Reprodução/Divulgação
Partido Novo/Reprodução/Divulgação

Amoêdo vai criticar classe política em sua estreia no horário eleitoral nas eleições 2018

Ao todo, o candidato terá apenas 8 inserções entre amanhã e o dia 4 de outubro, quando termina a propaganda obrigatória

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2018 | 21h45

O candidato do Novo à Presidência da República nas eleições 2018, João Amoêdo, vai usar seu primeiro comercial de 30 segundos na estreia do horário eleitoral da TV para criticar a classe política e seus privilégios. 

Ao todo, o candidato terá apenas 8 inserções entre amanhã e o dia 4 de outubro, quando termina a propaganda obrigatória.

"Vamos mudar tudo que está aí. A mudança que a gente quer não virá dos políticos que a gente tem. Chega de privilégio, mordomia e dinheiro público para essa turma que há anos rouba nosso futuro. Esse dinheiro tem que ir para saúde, educação ou de volta para o seu bolso", diz o presidenciável.

O material já foi enviado as emissoras de TV e será exibido no período da noite.

Nos blocos fixos do horário eleitoral, Amoêdo terá apenas 5 segundos. A ideia, segundo seus auxiliares, é usar o tempo para protestar contra o horário eleitoral e o fundo partidário. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.