Alvarás são 'técnicos', comenta Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de São Paulo declarou que utiliza critérios técnicos para conceder autorizações e alvarás para igrejas. "Todos os eventos e construções de natureza religiosa são avaliados pela administração de maneira estritamente técnica, de forma que as autorizações, aprovações, regularizações ou indeferimentos não sofrem qualquer tipo de influência política", diz o texto.

O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2012 | 03h07

A administração destaca que "mantém boas relações com todos os segmentos religiosos".

Sobre o templo da Igreja Mundial em construção em Santo Amaro, a Prefeitura informou que o terreno é considerado particular e que a abertura da rua prevista em lei "mostrou-se desnecessária". A nota diz também que a obra "implicaria ainda em dispendiosa desapropriação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.