Alta tecnologia e baixo risco

A utilização de Veículos Aéreos Não Tripulados, os Vants, pela Força Aérea Brasileira e pela Polícia Federal, em operação conjunta das duas frotas, marca o início de um novo tipo de operação da Defesa e da Segurança - alta tecnologia e baixo risco.

O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2013 | 02h08

O teatro de operações de estreia deve ser a Jornada Mundial da Juventude. Só na Missa Campal são esperados de 1,5 milhão a 2 milhões de fiéis - gente do mundo inteiro reunida em torno de uma agenda religiosa. A segurança dessa multidão, equivalente a um terço da população do Paraguai, vai exigir a mobilização de 23 mil agentes, militares e civis.

O olho eletrônico leva a vantagem de poder ser mantido no ar indefinidamente, mediante mera troca de equipamento, permitindo a visualização de imagens dia e noite, sob mau tempo ou abaixo da vegetação. Talvez mesmo dentro de prédios. Será um grande facilitador da ação da tropa armada e um fornecedor de informações de inteligência, por exemplo, para o eventual resgate de reféns ou o acompanhamento de um grupo adverso, em terra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.