Aliados manifestam apoio a governador

O manifesto em defesa de Agnelo Queiroz foi assinado por 19 parlamentares de 12 partidos da base: PT, PMDB, PSD, PTC, PP, PTB, PSC, PRB, PSB, PT do B, PPS e PDT. Segundo a nota, trata-se de uma "denúncias fantasiosas", divulgadas por "grupos econômicos criminosos, beneficiários da situação anterior", contrariados com a ruptura imposta por Agnelo. O número de partidos e signatários é semelhante ao que se solidarizou ao ex-governador José Roberto Arruda, em 2009, pouco antes de ele ser preso por envolvimento no "mensalão do DEM". / V.M.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.