Aldo não vê riscos para Maracanã

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse ontem que a saída da Delta Construções do consórcio que reforma o Maracanã não deve prejudicar as obras do estádio, palco da final da Copa do Mundo de 2014. A construtora, alvo de denúncias de envolvimento no esquema de corrupção capitaneado por Carlinhos Cachoeira, vai oficializar sua saída do consórcio em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.