Aldo exonera dois 'companheiros' do Esporte

Depois de recolher na Casa Civil a lista de nomeações para 25 cargos de confiança feita pelo antecessor Orlando Silva, o ministro Aldo Rebelo (Esporte), exonerou da pasta dois militantes do seu PC do B: Wadson Ribeiro, acusado de integrar o esquema de desvio de dinheiro para ONGs, e Danilo Moreira. Wadson, que era secretário executivo, foi exonerado em caráter definitivo.

O Estado de S.Paulo

07 de dezembro de 2011 | 03h05

Como havia anunciado, Rebelo manteve o ex-secretário executivo Waldemar Manoel Silva de Souza, que será seu assessor especial. Ele apareceu no noticiário como suspeito de assinar convênios com ONGs de fachada.

Por intermédio da assessoria, o ministério explicou que Souza "assinou convênios por dever de ofício, com base em pareceres jurídicos". / JOÃO DOMINGOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.