Alckmin terá exposição 22 vezes maior que a de Bolsonaro na TV

Segundo estimativas do 'Estadão Dados', tucano vai aparecer em pelo menos 318 inserções de 30 segundos durante toda a campanha do primeiro turno nas eleições 2018, já o candidato do PSL terá apenas 14 inserções no período

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2018 | 05h00

Nos 35 dias de propaganda eleitoral na televisão, o candidato do PSDB à Presidência nas eleições 2018, Geraldo Alckmin, terá exposição 22 vezes maior que a de Jair Bolsonaro (PSL), atual líder nas pesquisas eleitorais nos cenários sem o petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo estimativas do Estadão Dados, Alckmin vai aparecer em pelo menos 318 inserções de 30 segundos na TV durante toda a campanha do primeiro turno. Já Bolsonaro terá apenas 14 inserções no período.

alckmin-roda-viva

O pré-candidato Geraldo Alckmin, do PSDB, em entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Essas quantidades são provisórias, já que nem todos os partidos definiram que candidatos a presidente apoiarão com seu tempo de TV. A estimativa foi feita ainda em um cenário com 14 candidatos, número que pode diminuir nos próximos dias se houver desistências entre os chamados “nanicos”. O cálculo pressupõe ainda uma aliança entre PT e PCdoB.

Inserções são vistas por especialistas em marketing como as principais armas na campanha televisiva, porque chegam de surpresa aos espectadores, misturadas à publicidade comercial e em horários diversos. O avanço da internet e das redes sociais, porém, reduz a importância relativa da TV nas campanhas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.