O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2012 | 03h02

Na pauta de negociações para convencer o ex-governador José Serra (PSDB) a disputar a Prefeitura estão o convite para o ex-governador Alberto Goldman ingressar na equipe de Geraldo Alckmin e a sinalização de que o candidato a prefeito tucano terá autonomia para montar sua chapa, inclusive com a indicação do vice. Alckmin já havia avançado nas negociações e cedido a vice ao DEM, mas Serra teria preferência por uma chapa puro-sangue, com o PSDB na vice, como fez em 2006 ao disputar o governo estadual.

Para aliados de Alckmin, um convite a Goldman também tem simbolismo político: prestigia o grupo de Serra, descontente com a composição do governo Alckmin em 2010. O governador pretende fazer uma reforma no secretariado em março e, segundo interlocutores, estuda oferecer a Goldman uma pasta. Entre as cotadas, está a de Desenvolvimento Econômico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.