Joedson Alves/EFE
Joedson Alves/EFE

Alckmin minimiza chapa pura com Tasso e diz ser mais provável vice de outro partido

O pré-candidato do PSDB faz uma apresentação especial nesta terça-feira a membros da Juventude de seu partido, do DEM, Solidariedade, PPS e PRB

Pedro Venceslau e Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2018 | 19h30

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República nas eleições 2018, Geraldo Alckmin, minimizou nesta terça-feira, 31, as chances de uma chapa pura tucana, com a vice ocupada pelo senador cearense Tasso Jereissati. Na chegada à Casa do Saber, onde fará uma apresentação a membros da Juventude de seu partido, do DEM, Solidariedade, PPS e PRB, o ex-governador também disse que nenhum convite ainda foi feito e que as conversas sobre o potencial vice abrangem não apenas os partidos do Centrão, mas também representantes de outros partidos de sua coligação.

"Tasso é um grande nome, mas é mais provável que a chapa contemple outros partidos. Nosso timing é sábado, não temos pressa, até sábado vamos definir", desconversou. "Não fizemos nenhum convite, mas temos ótimas opções de várias regiões do Brasil. Vamos aguardar." 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.