Joedson Alves/EFE
Joedson Alves/EFE

Alckmin minimiza chapa pura com Tasso e diz ser mais provável vice de outro partido

O pré-candidato do PSDB faz uma apresentação especial nesta terça-feira a membros da Juventude de seu partido, do DEM, Solidariedade, PPS e PRB

Pedro Venceslau e Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo

31 Julho 2018 | 19h30

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República nas eleições 2018, Geraldo Alckmin, minimizou nesta terça-feira, 31, as chances de uma chapa pura tucana, com a vice ocupada pelo senador cearense Tasso Jereissati. Na chegada à Casa do Saber, onde fará uma apresentação a membros da Juventude de seu partido, do DEM, Solidariedade, PPS e PRB, o ex-governador também disse que nenhum convite ainda foi feito e que as conversas sobre o potencial vice abrangem não apenas os partidos do Centrão, mas também representantes de outros partidos de sua coligação.

"Tasso é um grande nome, mas é mais provável que a chapa contemple outros partidos. Nosso timing é sábado, não temos pressa, até sábado vamos definir", desconversou. "Não fizemos nenhum convite, mas temos ótimas opções de várias regiões do Brasil. Vamos aguardar." 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.