WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Alckmin evita falar sobre futuro caso não vá ao segundo turno

'Não é momento para fazer análise política', diz candidato do PSDB, quarto colocado nas últimas pesquisas

Marcelo Osakabe, O Estado de S. Paulo

07 Outubro 2018 | 11h55

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, votou na manhã deste domingo no colégio Santo Américo, em São Paulo. Ele chegou ao local ao lado da esposa, Lu Alckmin, e de seus netos. Acompanharam ainda a votação do presidenciável tucano aliados e o ex-prefeito da capital, João Doria, que concorre ao governo estadual.

Quarto lugar nas pesquisas, Alckmin disse que vai aguardar "com confiança" o resultado das urnas. No entanto, não quis comentar sobre sua posição caso não passe para um eventual segundo turno. "Não é o momento para fazer análise política", disse o ex-governador. O tucano também não comentou a declaração de Doria, de que daria um voto "solidário" ao seu padrinho político.

Do colégio, Alckmin deve voltar à sua residência, localizada a cerca de dois quilômetros de distância do colégio, para passar o dia. O restante de sua equipe deve acompanhar a apuração a partir da tarde, no QG da campanha, localizada no centro da capital paulista.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.