Campanha de Geraldo Alckmin/PSDB
Campanha de Geraldo Alckmin/PSDB

Alckmin domina inserções ao longo do dia no horário eleitoral; veja a programação

Número de 'spots' de cada candidato foi definido com base na representação no Congresso dos partidos coligados

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

31 Agosto 2018 | 11h50

Apesar de muitos "fugirem" do horário gratuito de propaganda eleitoral das campanhas na televisão, que começa a ser transmitido às 13h e às 20h nesta sexta para eleições 2018 no País, um pouco mais difícil é "escapar" dos spots de 15 a 30 segundos espalhados pela programação. São 28 por dia, durante os intervalos das programações e veiculados das 5h à 0h.

Com a coligação que o dá o maior tempo de TV, o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) é o que mais vai aparecer ao longo da programação. Ele estará em 12 spots por dia. Serão 434 aparições na campanha do 1º turno. O número de inserções para cada coligação foi definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base na representação no Congresso dos partidos coligados.

Líder das pesquisas nos cenários sem Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Lava Jato, Jair Bolsonaro (PSL) terá 11 spots até o dia da primeira votação. Depois de aparecer nesta sexta, ele só volta a aparecer durante a programação na próxima quarta.

Nesta sexta, os spots têm a seguinte ordem: de manhã, três spots seguidos de Alckmin; um de Lula, mais um de Alckmin e mais um de Lula. João Goulart Filho (PPL), Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) fecham a manhã. À tarde, Meirelles aparece primeiro, seguido de três spots de Alckmin. Dois de Lula vêm na sequência, intercalados por mais um de Alckmin; Bolsonaro e Alvaro fecham a tarde.

À noite, Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) aparecem pela primeira vez; depois, mais três inserções de Alckmin, duas de Meirelles, intercaladas pela última de Alckmin no dia, João Amoêdo (Novo) e, por fim, o último spot de Lula.

Veja a programação completa dos spots no site do TSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.