Ala do PT pró-Lacerda vence disputa interna da sigla em Minas

A ala petista que defende a reedição da aliança que elegeu o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), em 2008, obteve importante vitória na eleição interna do PT ontem, na capital mineira. O grupo pró-Lacerda obteve 61% dos votos, elegendo 310 dos 500 delegados que vão bater o martelo, no domingo, sobre a posição do partido nas eleições municipais deste ano. Delegados ligados ao vice-prefeito de Belo Horizonte, Roberto Carvalho, ficaram com 39% dos votos (190 delegados).

ALINE RESKALLA / , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2012 | 03h04

O presidente do PT de Minas, deputado federal Reginaldo Lopes, que defende a dobradinha com o atual prefeito, disse que as lideranças se reúnem ainda hoje com representantes do PSB para discutir "questões programáticas". Contrário à presença formal do PSDB na aliança, Lopes disse, no entanto, "que não vai impor nenhuma barreira ao prefeito Lacerda". "O mais importante é a repactuação da aliança", afirmou.

Articulador da aliança pró-Lacerda, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, disse que a presidente Dilma Rousseff acompanha o processo sucessório, mas não deve interferir. "Ela deixou claro que essa é uma decisão municipal." Dilma, porém, já se manifestou favoravelmente à aliança com Lacerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.