Dida Sampaio|Estadão
Dida Sampaio|Estadão

Aécio grava para programa de Doria e inicia viagens de apoio a candidatos do PSDB nas capitais

Derrotado nas últimas eleições presidenciais de 2014, senador aproveitará ocasião para fortalecer o 'recall' de sua imagem junto aos eleitores e defender algumas das bandeiras do partido

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2016 | 17h07

BRASÍLIA - Faltando menos de 20 dias para as eleições municipais, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), deu início nesta quarta-feira, 14, às gravações para os programas eleitorais dos candidatos da legenda. Derrotado nas últimas eleições presidenciais de 2014, o tucano aproveitará a ocasião para fortalecer o "recall" de sua imagem junto aos eleitores e defender algumas das bandeiras do partido.

Segundo o Estado apurou, as primeiras gravações foram feitas na tarde desta quarta para o candidato tucano à Prefeitura da capital paulista, João Doria, que conta com apoio do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), potencial candidato à Presidência em 2018. 

Além de Doria, o senador também fez nesta quarta um registro para o programa de João Leite (PSDB), candidato em Belo Horizonte (MG). O senador defendeu que seja feito um resgaste das obras implementadas pelo PSDB em Minas. Apesar de ser o reduto eleitoral do senador, nas últimas eleições presidenciais ele foi derrotado no Estado pela presidente afastada Dilma Rousseff.

Além de Deria e Leite, a previsão é que o tucano também grave mensagens para outros 230 candidatos. Segundo o secretário-geral do PSDB, deputado Silvio Torres (SP), o partido contará com 1.756 candidaturas nas eleições municipais. "A nossa prioridade serão as capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores e que contem com transmissão de televisão", afirmou Torres. Segundo ele, para a candidatura de Doria também está prevista a realização de um jantar no próximo dia 22, com intuito de arrecadar valores para a campanha.

Viagens. Além das mensagens para os programas eleitorais, Aécio Neves inicia nesta quinta-feira, 15, a primeira rodada de viagens de apoio aos candidatos das principais capitais. Na quinta ele comparecerá, no Rio de Janeiro, ao almoço do tucano Carlos Osório, candidato à prefeitura da capital fluminense. A expectativa é de que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também participe do ato de apoio. Osório, de acordo com última pesquisa Datafolha, está em sétimo lugare na disputa, com apenas 4% das intenções de votos. No topo da lista está Marcelo Crivella (PRB) com 29%.

Depois do Rio, o senador também deve desembarcar nos próximos dias no Rio Grande do Sul e no Pará. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.